Home > Família em férias > Os melhores hotéis de Orlando – dentro e fora dos parques
11 de maio de 2017

Os melhores hotéis de Orlando – dentro e fora dos parques

Quais os melhores hotéis de Orlando para quem quer ficar perto dos parques? Veja sugestões de hospedagem na Disney, Universal e muito mais…

hoteis_em_orlando_familia_em_ferias_to_go_blogs
Onde é melhor ficar em Orlando? Uma seleção de hotéis para quem quer ficar dentro da Disney ou Universal ou em outras áreas. Shutterstock_Songquan Deng

 Onde é melhor ficar em Orlando? Em um hotel ou em uma casa alugada? Dentro da Disney ou fora da Disney? Na Universal ou na International Drive? Em hotel de luxo ou baratinho? Well, well, well… não dá para responder essa questão sem conhecer intimamente cada família. O porquê é evidente: o que é objeto de desejo para uns não é para outros. Se para uns a felicidade é uma cama e roupa lavada, para outros é uma infinidade de mimos. A boa notícia é que, em Orlando, há opções de hospedagem para qualquer perfil de família. Até camping tem.

Antes de escolher onde ficar, você precisa lembrar que Orlando é uma cidade muuuito espraiada. E que, dependendo da época, suas ruas e estradas são bem movimentadas. Pense no que quer fazer por ali e depois, só depois, escolha o hotel. Se você vai focar nos parques é melhor ficar perto dos parques. Dentro até. Mas se vai fazer uma viagem que inclua compras, passeios diferentes nos arredores, aí pode apostar em um hotel em outro pedaço da cidade – ou até em cidades-satélite, com valores mais em conta. Há pelo menos três áreas de hospedagem em Orlando:

International Drive, a avenida principal, endereço da Universal e do SeaWorld;
Lake Buena Vista, próxima aos parques Disney e por isso mais cara;
Kissimmee, distrito de Orlando que tem as opções econômicas.

Minha recomendação? Embora você não vá ficar no hotel por muito tempo, não escolha hotéis muito econômicos. Prefira os quatro-estrelas. E não é por que você vai ver nas redes sociais relatos de percevejos no colchão em hotéis muito baratos… Mas é por que os hotéis muito econômicos nem sempre têm café da manhã farto – o que é essencial para um dia no parque. E também não tem restaurantes. E embora ninguém queira jantar em restaurante de hotel todo dia, encontrar um restaurante aberto depois de 12 horas de parque é uma enorme bênção.

Algumas dicas importantes na hora de escolher o quarto: evite os quartos do térreo – a não ser que você esteja viajando com bebês (por causa do carrinho). Nos quartos do térreo, o passa-passa é maior. Em hotéis muito grandes, escolha os blocos e os quartos mais próximos da sede. Principalmente se tiver crianças pequenas – assim não terá de caminhar muito para pegar uma mug de leite. E você ainda fica mais perto da lavanderia. Pode acreditar: você vai precisar da lavanderia.

Antes de escolher seu hotel em Orlando, olhe com lupa o que está incluído nas diárias. Os extras podem fazer a tarifa incrível de um hotel ficar incrivelmente maior que a de outro. Itens para checar: wi-fi gratuita no quarto, café da manhã, estacionamento e até frigobar. Aliás, dica: só pague a mais pelo frigobar se você pretender tomar café da manhã no quarto. Do contrário, não é preciso. Todos os hotéis americanos têm máquina de gelo no corredor.

Vantagens de ficar em um hotel dentro da Disney
Ficar hospedado em um dos 25 hotéis dentro da Disney custa um pouco mais caro (independente da categoria de hotel escolhida), mas vale a pena principalmente para quem viaja com crianças bem pequenas. A imersão no mundo mágico é completa.

to-go-blog-familia-em-ferias-novidades-disney
Imagem: Divulgação

Pequenos detalhes fazem toda a diferença. A começar pelo check-in, com direito a balões e a pulserinhas com seu nome gravado que são ao mesmo tempo ingresso do parque, chave do seu quarto e cartão de débito (e uma segurança caso – bate na madeira – a criança se perca no parque…). O encantamento continua no quarto, com decoração exagerada, voltada para alegrar o coração dos pequenos. Faça uma caça às orelhinhas do Mickey!

O treinamento da equipe é especial. Não esqueço a carinha da minha filha quando entramos no quarto e encontramos a bonequinha de dormir sentada na cama com o controle remoto na mão assistindo um filme Disney! 🙂 A Disney tem equipe de concierges – para qualquer coisa que você precisar – e, se não souber falar inglês, disponibiliza um profissional brasileiro para atender você.

A comodidade é outro bom motivo para ficar em um hotel da Disney. Como a Disney tem o maior número de parques, você estará sempre perto do seu programa. Assim, se as crianças cansarem, por exemplo, fica fácil voltar para o hotel, relaxar na piscina ou dar aquela dormidinha depois do almoço para, quem sabe, retornar ao parque no final do dia e assistir à queima de fogos.

hoteis_em_orlando_familia_em_ferias_to_go_blogs
Shutterstock_spatuletail

Quer mais benefícios de se hospedar dentro da Disney? Você tem horas extras para usar os parques.  Sim, quem está hospedado no complexo pode chegar ao parque do dia uma hora antes de ele abrir para o público e ficar uma ou duas horas depois. Na alta temporada, isso é perfeito pois é garantia de pouca fila ao menos nas horas extras.

Na ponta do lápis também pode ser uma vantagem financeira ficar dentro da Disney. Explico: se alugar um carro não terá de pagar estacionamento nos parques do complexo (uma economia diária de mais de 20 dólares, multiplique isso pelo número de parques e pelos dias de visita e será mais que uma diária de hotel).

Quem não aluga carro pode contar com traslado do aeroporto até o hotel e, dentro do complexo Disney, pode contar com ônibus confortáveis que deixam, em poucos minutos, na porta dos parques ou no Disney Springs. Sem esquecer que alguns hotéis ainda têm acesso pelo monorail ou por barco.

Outra coisa que gosto na imersão Disney são os meal-plans. Lá no mydisneyexperience.com você consegue ver os tipos de planos. Mas recomendo o pacote que inclui uma refeição rápida e uma em restaurantes com talheres. Assim você toma o café da manhã e faz outra refeição nos inúmeros restaurantes da Disney – inclusive em alguns do Disney Springs. E já sai do Brasil sabendo exatamente quanto vai gastar.

E quais hotéis da Disney escolher?

Para quem quer luxo: o Gran Floridian
Ele é o mais confortável hotel para famílias da Disney. Tem infraestrutura para crianças que inclui piscinas, praia à beira do lago, atividades noturnas supervisionadas, festa com os personagens da Alice no País das Maravilhas, navegação atrás dos tesouros escondidos, e café da manhã ou jantar com personagens – das Princesas à Mary Poppins. Mesmo que você não fique neste hotel vale marcar uma refeição com as personagens aqui.

Para quem gosta de animais: o Animal Kingdom Lodge
Esse hotel, próximo ao Animal Kingdom, lembra um imenso resort africano. Ele se abre para as costas do parque, então, você vê da janela animais como girafas, zebras e elefantes passeando. Tem ótimos restaurantes, by the way.

hoteis_em_orlando_familia_em_ferias_to_go_blogs
Safári em Orlando? Imagem: divulgação.

Para quem quer quartos conjugados: All Star Music
Esse é um dos três hotéis econômicos dentro da Disney – há mais dois com na mesma faixa de preço, mas com temática diferente (um sobre cinema e outro sobre esportes). Embora ele tenha a versão de quartos conjugados, os quartos têm duas camas de casal e acomodam bem uma família sem frescuras. Como o banheiro é americano (pia para fora) fica mais fácil de organizar a turma. Então vale fazer a simulação de preço dividindo quarto ou pegando dois grudados.

Para quem quer pagar pouco e ficar bem: Art of Animation
Esse é o mais novo hotel da Disney e, embora seja econômico, tem tarifas um pouquinho maiores – talvez pelos equipamentos tinindo de novos, talvez pela decoração. A piscina encanta – e tem música embaixo da água!

O disputado parque do Harry Potter, na Universal. Imagem: divulgação.
O disputado parque do Harry Potter, na Universal. Imagem: divulgação.

Vantagens de ficar dentro da Universal
Se estiver viajando com pré-adolescentes ou adolescentes – daqueles viciados nas montanhas-russas da Universal e de seus parques camaradas – Seaworld, Aquatica e Wet n’Wild, vale considerar a hospedagem em um dos cinco hotéis da Universal, operados pela empresa Loews. Primeiro por que a CityWalk, onde estão os restaurantes, as lojas e as baladinhas da Universal, fica a poucos passos da saída dos parques e a outros poucos passos dos hotéis. Em outras palavras: dá para ir e vir a pé… Quem não quiser caminhar entre hotel, parque e CityWalk ainda tem transporte gratuito (ônibus e barco) entre os pontos.

hoteis_em_orlando_familia_em_ferias_to_go_blogs
Universal: diversão para todos os tipos de visitantes. Shutterstock_Kamira

Há outras vantagens de se hospedar em hotéis no complexo Universal. Os hóspedes de todos os hotéis ainda podem chegar uma hora mais cedo nos parques para brincar em áreas altamente concorridas como a do Harry Potter. E ganham traslado gratuito da Universal para os parques-irmãos Seaworld, Aquatica, etc (é preciso marcar na recepção).

Há alguns benefícios apenas para os hotéis de luxo. O primeiro é o passe fura-fila incluído na diária! Bom, né? Ao contrário dos parques Disney, onde todos os turistas têm direito ao fast pass, na Universal para furar a fila você compra o benefício. E não é barato. O segundo benefício é que os hóspedes têm prioridade na reserva de restaurantes na Universal – parques e Citywalk.

Para quem gosta de dinossauros: o Loews Royal Pacific
Este hotel da Universal passou por uma renovação especial para focar nas crianças. O resultado foi a inauguração das suítes Jurassic Park. Elas incluem decoração do filme, murais, mobília especial e outras surpresas para os pequenos.

hoteis_em_orlando_familia_em_ferias_to_go_blogs
Loews Royal Pacific Resort: uma imersão pré-histórica em Orlando. Imagem: divulgação.

Para quem gosta do Bob Esponja: Nickelodeon Family Suites
Fora da Disney, é a melhor pedida para quem viaja com crianças. No quarto desse hotel – que mais parece a casa do Bob Esponja – há nada mais do que 150 games para jogar no play station. Não se preocupe: os tobogãs na piscina vão tirar seus pequenos do quarto… Além disso, tem café da manhã com as personagens desse canal de TV.

Para quem gosta de música: Hard Rock Cafe Hotel
Este hotel tem música até debaixo da água – da piscina. Você vai se espantar como o heavy metal vibra. Também nos quartos a música domina – você recebe sua própria trilha sonora para ouvir. Na área comum, há objetos de decoração que vão de Madonna a Elton John.

Para quem gosta de refinamento: Portofino Bay
Aqui o clima é de cidade italiana. De frente para o lago, ele remete à cidade de mesmo nome. Suas ruas são de pedras, tem sorveterias e ainda oito restaurantes, três piscinas aquecidas e um spa.

As vantagens de ficar fora dos parques
O maior benefício de ficar fora dos parques é o preço. Mas lembre-se de colocar na ponta do lápis os extras. Seja em hotéis econômicos, seja em confortáveis, some todos os extras: wi-fi (é gratuito ou não?), frigobar, estacionamento, estacionamento no parque, café da manhã – até gasolina deve ser levada em conta.

Para quem ama compras: Florida Mall Hotel
Quem quiser morrer de fazer compras no Florida Mall basta se “internar” neste hotel adjacente ao shopping. As compras são entregues diretamente no quarto… Mais prático impossível.

hoteis_em_orlando_familia_em_ferias_to_go_blogs
O hotel perfeito para quem ama fazer compras. Imagem: divulgação.

Para quem quer qualidade: The Ritz Carlton
Inspirado nos palazzi italianos, este hotel prima pela qualidade do serviço. São muitos quartos, é verdade, mas o atendimento é acolhedor. O hotel tem ampla estrutura de lazer: piscina, campo de golfe, aulas de fitness, e spa com 40 salas de tratamentos de beleza! Fica perto da Disney.

Confira mais dicas sobre Orlando e Disney em nossos Guias de Viagem.

dica to go travel

Crianças e adolescentes de até 17 anos se hospedam de graça no quarto com os pais na maioria dos hotéis de Orlando. No geral, há duas camas queen size.

Passagens aéreas para Orlando

Hotéis em Orlando

Bettina Monteiro
Bettina Monteiro

Jornalista, começou a carreira descobrindo o Brasil para os Guias Quatro Rodas e participou da criação das revistas Viagem e Turismo e Próxima Viagem, e do portal ViajeAqui, da Abril Mídia. Há 12 anos, desde que nasceu sua filha Lulu, não há cidade, resort, parque ou cruzeiro que escape à sua dedicação em encontrar experiências perfeitas para viagens em família.