Home > Família em férias > As vantagens de ficar em um resort all-inclusive
7 de abril de 2016

As vantagens de ficar em um resort all-inclusive

A moda dos hotéis com tudo incluído veio para ficar. Entenda por que se hospedar em um all inclusive é uma ótima opção para toda a família.

Quem viaja em família sabe o que significa perder a conta dos tostões com os gastos extras. Mesmo quem faz uma tabela e separa direitinho o valor que pode ser gasto a cada dia se surpreende com o custo dos supérfluos, esses itens tããão necessários para a alegria da viagem. Afinal, quem consegue negar a uma criança o terceiro sorvete do dia? Os resorts all inclusive surgiram exatamente para tirar das férias a preocupação com o dinheiro. Nesse tipo de resort, você sabe e-xa-ta-men-te quanto a sua viagem vai custar antes de embarcar.  E, na hora de aproveitar, não se preocupa mais com o custo.

Há hoje mais de 10 resorts que apostam nessa ideia de incluir mais do que cama, café da manhã e uso das áreas comuns no valor das diárias. Como o nome já diz, um resort all inclusive inclui tudinho no valor da hospedagem! Nas refeições, leia-se: café da manhã, almoço, jantar, aperitivos à beira da piscina, lanche da tarde, ceia da madrugada. E todas as bebidas incluídas sem restrições – de água de coco a uísque. Também aquelas atividades que, quando somadas nos custam uma fortuna, entram no pacote: passeios de bicicleta, caiaque, cavalo… Sem esquecer as atividades default, dirigidas por recreadores (esportivas e culturais) e, ainda, o entretenimento noturno. Até as gorjetas estão incluídas. Uma experiência completa por um preço fixo, previamente combinado. Sem necessidade de gastos extras.

Fora do “pacote” ficam apenas os serviços de, digamos, luxo.  Por exemplo: tratamentos de beleza, massagens, babás, telefonemas interurbanos, lavanderia…

Há uma consideração a fazer: para o custo-benefício valer a pena é preciso que a família seja do tipo que curte passar a viagem completamente imersa em um lugar, entendendo que o resort é o destino em si. Optar por um resort all-inclusive e sair batendo perninha por aí e almoçando e jantando fora é pagar duas vezes. Minha dica para esses casos é você passar 4 ou 5 dias no resort, aproveitando muito o que ele tem, e depois, passar quantos dias quiser fazendo turismo na cidade principal dos arredores em um hotel que não inclua tudo. 😉

Alguns resorts all-inclusive:

Club Med
Onde fica: Rio das Pedras (RJ), Trancoso e Itaparica (BA)
Destaque para: A equipe de recreação dos resorts Club Med (composta pelos chamados GOs, gentis organizadores) é perfeita para entreter a família toda – das crianças pequenas aos avós. Eles engajam as pessoas, ajudando a formar novas amizades.

to-go-blog-familia-em-férias-club-med
Foto: Bettina Monteiro.

 

Costão do Santinho Resort & Spa
Onde fica: Florianópolis, Santa Catarina
Destaque para: As acomodações. O Costão tem diferentes tipos de apartamentos, alguns com acomodações com até 3 quartos. O que é ótimo para reunir a família no mesmo espaço, mas com serviço de hotel. A área é gigante e a infraestrutura invejável. Há piscina de água aquecida, interna, que garante brincadeiras na água até em julho!

to-go-blog-familia-em-férias-resort-costao
Foto: divulgação.

 

Iberostar
Onde fica: Praia do Forte, Bahia
Destaque para: A infraestrutura. As duas unidades – o Bahia e o Praia do Forte – têm uma área de lazer grandiosa com vários restaurantes, piscinas, clube infantil, academia, discoteca, teatro… E ainda dividem um campo de golfe. Tudo em uma área maior do que o Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

to-go-blog-familia-em-férias-iberostar
Foto: divulgação.

Costa do Sauípe
Onde fica: Costa do Sauípe, Bahia
Destaque para: A área. São quase dois milhões de metros quadrados,  de frente para o mar azul da Bahia. O complexo, que fica 70 quilômetros ao norte de Salvador, na Linha Verde, inclui 21 piscinas, 15 quadras de tênis, restaurantes, bares, náutica com caiaque, stand up paddle, tirolesa, pedalinhos, quadras poliesportivas, hípica, spa, academia e até trapézio. Além de arena de shows para seis mil pessoas. E ainda tem um centrinho que imita as cidades coloniais brasileiras – chamado de Vila Nova da Praia.
São quatro alas de hotéis quatro-estrelas com sistema all inclusive – o Mar, o Sol, a Terra e a Água – e uma de hotel de luxo – o Premium (com serviço a la carte).

to-go-blog-familia-em-férias-sauipe
Foto: divulgação.

Pratagy Beach Resort
Onde fica: Maceió, Alagoas
Destaque para: O cenário. Fica em uma linda região, entre um rio e o mar, cercado por Mata Atlântica, em uma praia deserta. A menos de um quilômetro há piscinas naturais do Pratagy, recém-descobertas. Seu forte são os esportes náuticos, como caiaque e stand up paddle, e os jogos na praia. Está inaugurando nesse semestre um restaurante infantil.

to-go-blog-familia-em-férias-pratagy
Foto: divulgação.

La Torre
Onde fica: Praia do Mutá, em Porto Seguro, Bahia
Destaque para: A cozinha baiana, com direito a acarajés à beira da piscina. Entre as atividades: há escalada, arborismo para todas as idades. Além de slackline, malabarismo, capoeira, teatro e muitas brincadeiras (até torta na cara!).

to-go-blog-familia-em-férias-la-torre
Foto: divulgação.

Mussulo Resort by Mantra
Onde fica: Praia do Conde, 20 km ao sul de João Pessoa, Paraíba
Destaque para: Apesar da área de 96 mil metros quadrados, com bangalôs espaçosos, quadras de tênis, piscina enorme, o resort não fica ao pé da areia. Mas há transfer atencioso até lá e um beach club confortável para os viajantes.

to-go-blog-familia-em-férias-mussolo
Foto: divulgação.

Salinas do Maragogi All Inclusive Resort
Onde fica: Maragogi, ao norte de Maceió, Alagoas
Destaque para: as atividades para toda a família.
Novidade do hotel para 2016: Renovação do Canoas Café, cafeteria à beira da piscina.
Restaurantes: são três restaurantes, o  principal é o Galés. Há mais dois restaurantes a la carte: um italiano e, o outro, nordestino, com gastronomia típica da região.
Bebidas incluídas: uíques, cervejas, chopp, vodkas, vinhos, sucos, refrigerantes, água de côco, café e chás.
Atividades principais: arco e flecha, tiro esportivo com arma de pressão, quadras de futebol (praia e campo), quadra de vôlei de praia, duas quadras de tênis, caminhada ecológica, aulas de dança, aeróbica na água, caiaque, Stand Up Paddle e diferentes esportes aquáticos, arborismo, muro de escalada, tirolesa, aluguel de Bike, entre outras.
Não-incluídos na tarifa: passeios turísticos, SPA e algumas atividades terceirizadas como o serviço de fotos, tirolesa, arvorismo, mergulho, Stand Up Padle e aluguel de bicicletas.
Crianças: até 12 anos, acompanhadas de adultos pagantes, são isentas de tarifa.

Foto: divulgação.
Foto: divulgação.


Agora que você já conhece as vantagens de viajar para um hotel all inclusive com a sua família, que tal se planejar para isso?

Com a To Go Travel você encontra os melhores pacotes. Acesse o site www.togotravel.com.br ou ligue (11) 3124-0210.

dica to go travel

Resorts all inclusive não são indicados para quem quer sair do hotel. Não vale pagar por almoço ou atividades fora quando você já pagou dentro. Assim, o mais racional é ficar um período no hotel all inclusive e, depois, combinar com uma estada na cidade turística mais próxima em hotel sem sistema tudo incluído.

Bettina Monteiro
Bettina Monteiro

Jornalista, começou a carreira descobrindo o Brasil para os Guias Quatro Rodas e participou da criação das revistas Viagem e Turismo e Próxima Viagem, e do portal ViajeAqui, da Abril Mídia. Há 12 anos, desde que nasceu sua filha Lulu, não há cidade, resort, parque ou cruzeiro que escape à sua dedicação em encontrar experiências perfeitas para viagens em família.