Home > Família em férias > Como sobreviver a um Réveillon em família
29 de dezembro de 2016

Como sobreviver a um Réveillon em família

Algumas dicas preciosas para enfrentar a entrada no Ano Novo em família.

to-go-blogs-viajante-hiper-fogos-de-artificio
iStock_oatawa

Véspera de ano novo.

E você não fugiu para Boipeba.
Não está se espremendo na Times Square para ver the ball drop.
Não está em Copacabana empurrando um carrinho de bebê cheio de champanhe e frutas.

to-go-blogs-familia-em-ferias-reveillon-ultima-hora
iStock_Christophe Ledent

Seu carrinho tem bebê de verdade e Boipeba está distante demais de qualquer médico.

Encare.

Sua hora chegou: Réveillon em família.

A mesa posta, cada coisa em seu lugar…
Não é a morte. Mas parece.

10, 9, 8…

Os fogos queimando em cima da cabeça do seu cachorro.

O cachorro do vizinho, abandonado, latindo sem parar.

Aquele parente bêbado insiste em te abraçar.

Ou pior: em abraçar sua mulher.

A prima fofoqueira enche você de beijinhos.
Melados.

7, 6, 5…

O cunhado insiste em ver a contagem regressiva pela televisão.

A sobrinha adolescente teima em ouvir Mayara e Maraísa.

E a prima fica pedindo para tocar de novo Careless Whisper!

Você só quer: Freedoooom!!!

4, 3, 2 …

Um bebê exausto chora sem parar.

Alguém oferece uma colherada de lentilha.

Estou de regime.

Então, coma romã.

Detesto romã.

Pule sete ondas.

Estamos no campo.

Substitua por sete degraus.

3, 2, 1…

É Ano-Novo!
O primo do primo grita:
Para tudo, o relógio está errado!

to-go-blogs-viajante-hiper-reveillon-copacabana
iStock_Rune_Landale

3, 2, 1 …
O problema do Réveillon em família é a família.
Happy New Year!
Feliz Ano Novo!

Reuni algumas dicas para você sobreviver a uma festa de Ano-Novo em família e entrar no ano novo feliz da vida:

– Se vai viajar de carro, leve um farnel com água gelada, frutas, biscoito de polvilho e afins. Não esqueça os lenços umedecidos. O trânsito durante o Réveillon é impiedoso. Jogos para as crianças são bem interessantes. Não esqueça de carregar os ipads.

to-go-blogs-familia-em-ferias-malas
iStock_wojciech_gajda

– Vai para uma casa? Considere fazer supermercado em sua cidade e levar os não perecíveis. Cidades de praias não costumam ter infraestrutura para aguentar tantos visitantes. Ou seja, filas enormes nos caixas. Deixe para comprar lá apenas o que estragar.

– Precisa de ajuda para saber o que colocar na mala? Dê uma olhada nesta reportagem aqui: como fazer as malas. E não se esqueça de levar de casa os baldinhos, os repelentes e o protetor solar. Tudo isso estará a preço de ouro no destino.

– Veja se há uma festa maior nos arredores: a salvação para o excesso de intimidade é a cerimônia. Em um ambiente cheio de estranhos todo mundo tende a se comportar mais.

– Se você está em um resort, cheque se há recreação para as crianças e baby-sitter para os bebês. Vamos combinar? Réveillon é uma festa para adultos. As crianças talvez fiquem mais felizes brincando com os tios do que esperando a contagem. E os bebês certamente vão ficar felizes dormindo.

to-go-blog-familia-em-férias-club-med
Foto: Bettina Monteiro.

– A nécessaire de remédios nunca será tão necessária. Além dos antitérmicos e antialérgicos, leve remédio para ressaca. E óculos escuros.

– Tampões de ouvido. Melhor do que reclamar do barulho do quarto ao lado às sete da matina é levar tampões.

dica to go travel

Para o próximo Réveillon, programe-se desde janeiro.
É a melhor maneira de começar o ano em grande estilo.

Bettina Monteiro
Bettina Monteiro

Jornalista, começou a carreira descobrindo o Brasil para os Guias Quatro Rodas e participou da criação das revistas Viagem e Turismo e Próxima Viagem, e do portal ViajeAqui, da Abril Mídia. Há 12 anos, desde que nasceu sua filha Lulu, não há cidade, resort, parque ou cruzeiro que escape à sua dedicação em encontrar experiências perfeitas para viagens em família.