Home > Turista Curioso > Série Copa das Confederações 2017: o que ver em Sochi
7 de fevereiro de 2017

Série Copa das Confederações 2017: o que ver em Sochi

Você não tem ideia de como eu gosto de escrever sobre a Rússia. É claro: a Rússia é um país cheio de países dentro dela mesma (ou, para ser mais correto, cheio de repúblicas), cada um com diferentes culturas, hábitos, paisagens, religiões etc., etc., etc. Simplesmente não tem como evitar o fascínio por ela. Pesquisar sobre a Rússia é praticamente pesquisar sobre um planeta inteiro.

Bandeira da Rússia (arte: Zscout370 / Wikimedia Commons / Domínio público)
Bandeira da Rússia (arte: Zscout370 / Wikimedia Commons / Domínio público)

Pois neste exato momento, este “planeta inteiro” está se preparando para sediar a próxima Copa do Mundo, prometendo um festão e aquela coisa toda. Mas antes do evento principal, a Rússia tem o clássico evento-teste: a Copa das Confederações, que acontece entre 17 de junho e 2 de julho deste ano.

Durante estes dias, as cidades de Moscou, São Petersburgo, Sochi e Kazan receberão as seleções campeãs de cada continente, além da atual campeão mundial (Alemanha) e da própria Rússia, junto com um monte de turistas loucos para ver futebol e conhecer o que for possível.

E o que este turistas vão ver lá? É mais ou menos isso que você vai descobrir neste blog, que começa hoje uma série de 4 posts mostrando as belezas de cada uma destas cidades.

A primeira da lista é Sochi, a mais recente cidade-sede dos Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014.

O estádio Fisht, em Sochi: dentro do Parque Olímpico e junto ao mar (foto: Sergei Kazantsev / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)
Cobertura do estádio Fisht, em Sochi, onde acontecerão os jogos da Copa das Confederações na cidade: dentro do Parque Olímpico e junto ao mar (foto: Sergei Kazantsev / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)

O que ver em Sochi – Rússia

Sochi é uma cidade com aproximadamente 400 mil habitantes na costa do Mar Negro, quase colada na região separatista da Abecázia, na Geórgia.

Sochi vista do Mar Negro (foto: Ojj! 600 / Wikipedia Commons / Domínio público)
Sochi vista do Mar Negro (foto: Ojj! 600 / Wikimedia Commons / Domínio público)

Justamente por ser uma praia – e por ter uma paisagem natural belíssima – ela é o principal destino de férias de verão dos russos, recebendo hordas de pessoas entre maio e setembro, todas loucas por um pouco de calor depois de meses de frio intenso.

Imagem de Sochi ao redor do ano 1909, quando ainda era apenas um resort nacional (Granbergs Konstindustri Aktiebolags Förlag / Wikimedia Commons / Domínio público)
Imagem de Sochi ao redor do ano 1909, quando ainda era apenas um resort nacional (Granbergs Konstindustri Aktiebolags Förlag / Wikimedia Commons / Domínio público)

Sochi provavelmente continuaria sendo apenas um resort nacional se não tivesse sido escolhida como sede da Olimpíada de Inverno de 2014 e, consequentemente, recebido investimentos monstruosos para o evento. Com o volume de dinheiro que entrou, a cidade ganhou muito em infraestrutura e ficou ainda mais bonita, com ainda mais restaurantes, cafés e lojas interessantíssimas. Mas, apesar disso e da atual fama, os turistas estrangeiros ainda são poucos, o que faz dela o lugar perfeito para quem quer viver um legítimo verão russo.

A principal atração para estes poucos estrangeiros é o litoral, obviamente.

A orla de Sochi (foto: DmitryVorona / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)
A orla de Sochi (foto: DmitryVorona / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)

As cores do Mar Negro, ao menos naquela região, não perdem em nada para a maioria dos paraísos do mundo e combinam perfeitamente com a orla da cidade, com seus prédios e avenidas de estilão stalinista.

Os prédios, aliás, são outra atração. Sochi é famosa pela arquitetura grandiosa, principalmente nas construções pós-anos 1930. Dentro deste tema, os turistas podem se maravilhar com o Museu de Arte de Sochi, o porto, a estação de trens, o teatro de inverno e muitos outros lugares. E aqueles mais sedentos por história podem aproveitar para visitar também a casa de verão de Stálin, onde ele recebeu várias figuras importantes daqueles tempos.

A estação de trens (foto: Георгий Долгопский / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)
A estação de trens (foto: Георгий Долгопский / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)
O porto (foto: Reachrich / Wikimedia Commons / Domínio público)
O porto (foto: Reachrich / Wikimedia Commons / Domínio público)
O jardim botânico (foto: Reachrich / Wikimedia Commons / Domínio público)
O jardim botânico (foto: Yufereff / Wikimedia Commons / Domínio público)
O Teatro de Inverno (foto: Георгий Долгопский / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)
O Teatro de Inverno (foto: Георгий Долгопский / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0)
Sochi do alto (foto: RIA Novosti archive, image #166989 / Andrey Babushkin / CC-BY-SA 3.0)
Sochi do alto (foto: RIA Novosti archive, image #166989 / Andrey Babushkin / CC-BY-SA 3.0)

Saindo um pouco da área urbana, os turistas em Sochi chegam a um Patrimônio Natural da Humanidade, protegido pela Unesco: o Cáucaso Ocidental, uma região considerada praticamente intocada pelo ser humano, onde ainda existem diversos tipos de ecossistemas e que, além de tudo, é linda.

Foto: SKas / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0
Foto: SKas / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Acho que já deu para perceber: o futebol vai ser apenas uma das coisas boas para você ver em Sochi.

dica to go travel

Uma das vistas mais lindas de Sochi e do Mar Negro está em cima do Monte Akhun, pertinho da cidade e possível de ser visitado. Dizem que você consegue ver até a costa da Turquia, quando o tempo está limpo.

Hotéis em Sochi

Gabe Britto
Gabe Britto

Gabriel não se intimida com distâncias enormes, nomes de lugares que ninguém nunca ouviu falar, cardápios incompreensíveis. Mais do que viajar, ele adora pesquisar curiosidades exóticas e extraordinárias ao redor do mundo – e, claro, conferir de perto (e sem pressa) suas descobertas.