Home > Turista Curioso > Aproveite a sua viagem solo
2 de agosto de 2016

Aproveite a sua viagem solo

Apesar de sempre tentar viajar com a minha mulher, muitas vezes eu tenho que sair por aí sozinho, seja por motivos profissionais, financeiros ou até mesmo porque ela não pode ou não quer ir para o mesmo lugar que eu.

Foto: iStock/Everste
Foto: iStock/Everste

A despedida nessas viagens é complicada e triste, mas como não há o que ser feito, o jeito é tentar aproveitar as vantagens de estar solitário pelo mundo. Se você nunca viajou assim, acredite: essas vantagens existem. É claro que mudam de pessoa para pessoa, de viagem para viagem, mas estão lá. Você só precisa seguir algumas regrinhas que eu aprendi ao longo dessa vida de viajante.

Reserve o melhor assento no avião

Foto: iStock/Mie Ahmt
Foto: iStock/Mie Ahmt

Sem nenhum ombro amigo para se encostar nas infinitas horas dentro do avião, o ideal é reservar a melhor poltrona possível na sua classe. Procure essa informação nos sites especializados no assunto. (Na verdade isso vale para qualquer voo, né?)

Sem despedidas no aeroporto

Foto: iStock/fizkes
Foto: iStock/fizkes

Nada de família, namorado, mulher ou o que for no aeroporto! Sério! Não tem nada mais melancólico e solitário numa viagem dessas do que aquele tchauzinho derradeiro. O cenário fica igual ao daquelas despedidas que nos fazem chorar em filmes e você já vai começar a viagem se sentindo mal. Evite. O melhor é se despedir em casa e ir até o aeroporto sem ninguém ao redor.

Chegue cedo no aeroporto

Foto: iStock/Prasit Rodphan
Foto: iStock/Prasit Rodphan

Não ter ninguém ao seu redor é bom para evitar choradeira, mas também exige mais atenção porque você não vai ter ajuda com a bagagem, se precisar. Por isso chegue cedo no aeroporto, para fazer tudo com calma e evitar a desatenção causada pela correria.

Leve pouca bagagem

Foto: iStock/kickimages
Foto: iStock/kickimages

Essa regra vale para qualquer viagem de férias, mas ainda mais para viagens solo. Quanto menos peso e volumes, melhor. O motivo é o mesmo acima: você não vai ter ninguém para ajudar se precisar.

Reserve um hotel ou hostel bom no primeiro destino

Foto: iStock/Mattia Pelizzari
Foto: iStock/Mattia Pelizzari

Nada pior que começar uma viagem solitária tendo que enfrentar um pulgueiro onde você não se sente bem. Aliás, nada pior que começar qualquer viagem desse jeito. Então escolha com muito carinho e cuidado a sua primeira casa na aventura. Precisa economizar? Tudo bem: faça isso nos outros hotéis, quando você já vai estar mais acostumando e até curtindo a solidão. No primeiro, seja exigente, dentro do possível.

Compre um chip de celular

Foto: iStock/LDProd
Foto: iStock/LDProd

Mantenha-se conectado com amigos e parentes, apenas tome cuidado para não perder muito tempo na internet. Mas se quiser perder um ou mais dias vendo bobagens no Facebook, vá fundo. Leia a próxima dica para entender.

Planeje o roteiro, mas deixe espaços livres

Foto: iStock/Anna Omelchenko
Foto: iStock/Anna Omelchenko

Se eu tivesse que escolher apenas um bom aspecto de viajar sozinho, escolheria a possibilidade de decidir tudo sem pedir a opinião de ninguém. Essa é a maior maravilha de uma viagem solo, por mais que seus companheiros usuais estejam sempre em sintonia com você. Quer acordar tarde? Acorde. Quer ficar mais tempo num museu? Fique. Quer trocar tudo e ir para outra cidade? Vá. Deixar espaços livres no seu roteiro garantem a você as chances de fazer o que der na cachola durante o dia.

Aproveite a solidão ou procure novos amigos

Foto: iStock/oneinchpunch
Foto: iStock/oneinchpunch

Aqui entra um conselho que depende muito do seu estilo. Eu adoro aproveitar a solidão quando estou sozinho e curto ficar na minha. Faça isso se você for como eu, porque é bom demais. Mas se o seu negócio é fazer amigos, estar sozinho é ótimo porque você se torna um ímã de outras pessoas assim. Aproveite. Você vai voltar para casa cheio de novas pessoas na sua vida.

Aproveite os momentos finais

Foto: iStock/alice-photo
Foto: iStock/alice-photo

A volta para casa costuma ser mais difícil quando você está viajando com seus melhores amigos ou com seu namorado/namorada, justamente porque as pessoas que você mais ama estavam lá com você. Isso não acontece em uma viagem solo e você passa a curtir a ideia de voltar, afinal a aventura está muito boa, mas essas pessoas estão lá na sua cidade. Como a volta costuma ser dolorosa, viajar sozinho acaba sendo bom até neste sentido.

É claro, estas são apenas algumas dicas baseadas nas minhas experiências e existem muitas outras por aí. Converse com aquele seu amigo viajante solitário para descobrir. Ou melhor: saia pelo mundo e descubra por você mesmo.

dica to go travel

Hostels são perfeitos para viajantes solitários: aqueles que querem conhecer pessoas vão encontrar um monte de gente querendo o mesmo, já aqueles que quiserem ficar sozinhos podem pegar quartos individuais e economizar em relação aos hotéis.

Gabe Britto
Gabe Britto

Gabriel não se intimida com distâncias enormes, nomes de lugares que ninguém nunca ouviu falar, cardápios incompreensíveis. Mais do que viajar, ele adora pesquisar curiosidades exóticas e extraordinárias ao redor do mundo – e, claro, conferir de perto (e sem pressa) suas descobertas.