Home > Turista Curioso > Ilhas paradisíacas na… África
31 de janeiro de 2017

Ilhas paradisíacas na… África

Para onde a sua mente leva você quando alguém menciona “ilhas paradisíacas”? Deixa eu apostar aqui: Caribe e Oceano Pacífico. Acertei?

Sua mente não está errada, estes lugares são sempre os mais relacionados ao assunto. O problema é que essa tendência a pensar apenas nos destinos mais famosos nos faz esquecer de procurar em outros – e, consequentemente, nos faz deixar de conhecer outros.

Cabo Verde, na África: ilhas tão paradisíacas quanto as mais famosas (foto: Schland / Domínio público)
Cabo Verde, na África: ilhas tão paradisíacas quanto as mais famosas (foto: Schland / Domínio público)

Você já pensou em visitar ilhas paradisíacas na África, por exemplo? Não me refiro às ilhas Seicheles, Reunião, Maurício e até Zanzibar ou Madagascar, que são famosas. Me refiro às ilhas menos conhecidas mesmo, escondidas no radar turístico.

Bem, se você não pensou ainda, vai começar a pensar depois deste post, porque a listinha abaixo é só sobre elas.

Cabo Verde

Comecemos pelo mais óbvio entre os menos óbvios.

A gente vive passando por cima dele (ou muito perto), a caminho da Europa. Na próxima vez, talvez seja o caso de pedir para parar ali mesmo.

Foto: giljspereira / Domínio público
Foto: giljspereira / Domínio público
Foto: Kotoviski (Henryk Kotowski) / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0
Foto: Kotoviski (Henryk Kotowski) / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

Cabo Verde, um país formado por uma dezena de ilhas perdidas no Oceano Atlântico e que já deu Cesária Évora ao mundo, também é um paraíso de praias maravilhosas. As mais famosas ficam na ilha Sal, mas também existem outras nas ilhas Boavista, Maio e do Fogo. E sabe o que é melhor? Você pode falar português por lá (igualzinho a São Tomé e Príncipe, diga-se de passagem. Leia mais abaixo.)

Comores

Eu nunca imaginei que um arquipélago situado entre os maravilhosos Moçambique e Madagascar pudesse ser feio, então não me surpreendo com a beleza de Comores, formado basicamente por 3 ilhas.

Foto: Derek Keats / Wikimedia Commons / CC BY 2.0
Foto: Derek Keats / Wikimedia Commons / CC BY 2.0
Foto: Derek Keats / Wikimedia Commons / CC BY 2.0
Foto: Derek Keats / Wikimedia Commons / CC BY 2.0

Este país, que o Lonely Planet chama de “o tipo de lugar onde você vai para sair do planeta por um tempo”, tem praias que parecem ter saído de um sonho bom e é o lar de um dos maiores vulcões ativos do mundo. É claro que isso pode acabar afugentando alguns turistas, mas se você não tiver receio, acaba sendo melhor, já que o litoral fica quase só para você (e para os nativos).

Arquipélago de Bazaruto – Moçambique

Até a Condé Nast Traveler – a revista de turismo mais especializada em destinos luxuosos do mundo – já fez reportagem sobre este arquipélago moçambicano.

Foto: Brian DellBdell555 / Wikimedia Commons / Domínio público
Foto: Brian DellBdell555 / Wikimedia Commons / Domínio público
Foto: Jullag / Wikimedia Commons / CC BY-SA 2.5
Foto: Jullag / Wikimedia Commons / CC BY-SA 2.5

São apenas 5 ilhas, todas absurdamente lindas, protegidas por pertencerem a um parque, mas com infraestrutura para quem quer se afastar do mundo sem perder a elegância. É uma boa alternativa para quem fez cara feia ao vulcão de Comores, já que Bazaruto também fica ali pela região entre o continente africano e Madagascar.

Ilha Lamu – Quênia

Quem diria que o Quênia, tão ligado a safáris e tribos Masai, entraria numa lista de ilhas paradisíacas da África? Pois entrou. Lamu, que fica tão perto do continente que você mal percebe que é uma ilha, garantiu este lugar graças às suas praias e também à sua principal cidade, chamada igualmente de Lamu. Ela é nada menos que o povoado continuamente habitado mais antigo do país e faz parte da lista da Unesco de Patrimônios da Humanidade.

Lamu (foto: Erik (HASH) Hersman / Wikimedia Commons / CC BY 2.0)
Lamu (foto: Erik (HASH) Hersman / Wikimedia Commons / CC BY 2.0)
Foto: FredD / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0
Foto: FredD / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

Por que praia é bom, mas praia com uma vila linda e histórica é melhor ainda.

São Tomé e Príncipe

Este pequeno país no Oceano Atlântico, o segundo menor da África, é formado basicamente por duas ilhas: São Tomé e Príncipe (daí o nome, lógico).

Foto: jmaximo / Wikimedia Commons / CC BY 2.0
Foto: jmaximo / Wikimedia Commons / CC BY 2.0
Foto: Tomek / Wikimedia Commons / Domínio público
Foto: Tomek / Wikimedia Commons / Domínio público

Mas o que estas duas joias têm de pequenas, elas compensam em beleza natural. São praias lindíssimas, florestas verdíssimas e montanhas maravilhosas em um lugar quase totalmente isolado do mundo, onde o lema da vida é fazer tudo devagar e sem estresse. Até nos nomes das praias o pessoal de São Tomé e Príncipe é suave: entre as melhores, estão Bom Bom, Banana e Tamarindos.

Pronto, agora você já pode pensar na África quando alguém falar em ilhas paradisíacas.

dica to go travel

Além de ilhas marinhas, a África também tem ilhas paradisíacas em lagos dentro do continente. O Botsuana, por exemplo, tem a Chief’s Island, enquanto o Malauí tem a Mumbo Island. É claro que o visual é diferente das ilhas oceânicas, mas vale fazer uma pesquisa antes de escolher para onde ir.

Passagens aéreas para Praia, Comores, Maputo e Nairóbi

Hotéis em Comores, Maputo e Nairóbi

Gabe Britto
Gabe Britto

Gabriel não se intimida com distâncias enormes, nomes de lugares que ninguém nunca ouviu falar, cardápios incompreensíveis. Mais do que viajar, ele adora pesquisar curiosidades exóticas e extraordinárias ao redor do mundo – e, claro, conferir de perto (e sem pressa) suas descobertas.