Home > Turista Curioso > Os países mais receptivos do mundo
14 de março de 2017

Os países mais receptivos do mundo

Numa época em que países extremamente turísticos estão falando em dificultar a entrada de pessoas (ou até já agindo neste sentido), este ranking abaixo, do site Passport Index, vem a calhar aos viajantes.

Arte da homepage do site Passport Index
Arte da homepage do site Passport Index

Ele apareceu para mim pelo Twitter do Sandro Fernandes, jornalista brasileiro baseado em Moscou, e mostra os países mais receptivos do mundo – ou seja: aqueles que aceitam o maior número de visitantes sem exigir visto ou fornecendo vistos sem nenhuma burocracia (na chegada ou pela internet).

Se você quiser evitar os perrengues para tirar visto americano, visto canadense ou qualquer outro, ou ainda se não quiser tirar visto para nenhum lugar, favorite este post. Dependendo da sua nacionalidade, a burocracia vai ficar só na hora de tirar o passaporte mesmo.

1º – Camboja, Comores, Guiné-Bissau, Madagascar, Mauritânia, Micronésia, Moçambique, Samoa, Seicheles, Timor Leste, Togo, Tuvalu e Uganda: 198 nacionalidades

A ONU é formada por 198 países. Então, teoricamente, estes campeões da receptividade aceitam a visita de qualquer pessoa sem nenhuma burocracia (ou com pouca).

Angkor, o cartão-postal do Camboja e de Siem Reap (foto: iStock/f9photos)
Angkor, o cartão-postal do Camboja e de Siem Reap (foto: iStock/f9photos)
Foto: iStock/dennisvdw
Os baobás de Madagascar (foto: iStock/dennisvdw)
Uma praiazinha feia qualquer (foto: iStock/Simon Dannhauer)
Uma praiazinha feia qualquer em Moçambique (foto: iStock/Simon Dannhauer)

Por que eu digo “teoricamente”? Porque existem países que não são reconhecidos pela ONU, mas são por outras nações.

2º – Cabo Verde e Dominica: 197 nacionalidades

Bem que Cabo Verde e Dominica podiam liberar mais um país, né? Dois lugares tão lindos na segunda colocação por apenas um visto exigido é uma pena.

Foto: iStock/gydyt0jas
Dominica, no Caribe (foto: iStock/gydyt0jas)

E sabe o que é incrível? Dominica é um dos países que menos recebem brasileiros no Caribe. Clique no link para ler o post.

3º – Palau: 196 nacionalidades

Este representante do paraíso na Terra aceita quase todos os seus viajantes. Faz sentido.

Foto: iStock_dothow
Palau, de cima (foto: iStock_dothow)
Foto: iStock_Global_Pics
Palau, por baixo (foto: iStock_Global_Pics)

4º – Djibuti e Maldivas: 195 nacionalidades

O Djibuti não é famoso no mundo do turismo, mas tem suas atrações que merecem uma visita. Já sobre as Maldivas eu não preciso falar, né?

Praia nas Maldivas (foto: KingKurt22 - CC BY-SA 3.0)
Praia nas Maldivas (foto: KingKurt22 – CC BY-SA 3.0)

5º – Haiti: 194 nacionalidades

Ainda que o país enfrente dificuldades há muitos anos (com suas consequências), o Haiti também é cheio de atrações e pode ser visitado por muita gente sem nenhum perrengue burocrático.

O Palácio Sans-Souci, no Haiti (foto: Didier Moïse - CC BY-SA 4.0)
O Palácio Sans-Souci, no Haiti (foto: Didier Moïse – CC BY-SA 4.0)

6º – Nicarágua: 191 nacionalidades

Um país pouco lembrado por quem vai para a América Central, mas cheio de lugares paradisíacos e com os braços abertos para os visitantes.

Lago na cratera de um vulcão, na Nicarágua (foto: Phayne - CC BY-SA 4.0)
Lago na cratera de um vulcão, na Nicarágua (foto: Phayne – CC BY-SA 4.0)

7º – São Vicente e Granadinas: 190 nacionalidades

É lindo e está louco para receber você. Precisa de mais motivos para ir a São Vicente e Granadinas?

São Vicente e Granadinas (foto: Wikimedia - BY-SA 3.0)
São Vicente e Granadinas (foto: Wikimedia – BY-SA 3.0)

8º – Nepal: 187 nacionalidades

A terra das montanhas mostra toda a sua grandeza ao receber seus visitantes sem perrengues.

Foto: lanur - Domínio público)
Foto: lanur – Domínio público

9º – Equador e Irã – 185 nacionalidades

Quem diria que o país que todos consideram tão fechado seria, na verdade, um dos mais abertos?

O Irã recebe quase o mundo inteiro com visto retirado no aeroporto. É claro que existe um limite de validade deste visto, mas é mais tempo do que a maioria das pessoas passam em férias pelo país.

Mesquita Nasir al-Mulk, em Shiraz, no Irã (foto: @gabebritto)
Mesquita Nasir al-Mulk, em Shiraz, no Irã (foto: @gabebritto)
Mesquita Vakil, em Shiraz, no Irã (foto: @gabebritto)
Mesquita Vakil, em Shiraz, no Irã (foto: @gabebritto)

E acredite: são férias maravilhosas.

10º – Quênia: 182 nacionalidades

O Quênia não é bobo no turismo, por isso é um dos destinos mais procurados por quem quer fazer safáris na África.

Girafas no Quênia (foto: skeeze - Domínio público)
Girafas no Quênia (foto: skeeze – Domínio público)

Ficou curioso sobre quem são os países mais fechados do planeta? Aqueles que menos liberam suas fronteiras sem visto? Veja aqui embaixo. Eles formam o pódio da não-receptividade.

3º – Coreia do Norte: duas nacionalidades

Confesso que, a princípio, fiquei impressionado. Achei que a Coreia do Norte exigisse visto de todos, mas me enganei: segundo o estudo, malaios e cingapurianos podem entrar no país sem problemas (algo que pode mudar, porque o ditador local anda se estranhando com a Malásia).

Visão da fronteira a partir do lado norte-coreano (foto: iStock/narvikk)
Você só passa aqui sem visto se tiver passaporte malaio ou cingapuriano (foto: iStock/narvikk)

2º – Angola, Guiné Equatorial e Iraque: uma nacionalidade

Angolanos só liberam a entrada para namíbios, enquanto guinéu-equatorianos só recebem norte-americanos sem visto.

Já os iraquianos só aceitam que turcos entrem sem burocracia.

to-go-blogs-turista-curioso-zigurate-ur-iraque
O zigurate de Ur, construído 2 mil anos antes de Cristo, no atual Iraque (foto: iStock/rasoulali)

1º – Afeganistão, Somália e Turcomenistão: nenhuma nacionalidade

Estes não querem saber de facilitar a vida do turista: não recebem ninguém sem aprovação prévia. Que tal? Vai encarar as burocracias afegã, somali e turcomena?

Lago Band-e-Amir, no Afeganistão: a beleza natural é um dos pontos fortes do país (fofo: Carl Montgomery - CC BY 2.0)
Lago Band-e-Amir, no Afeganistão: a beleza natural é um dos pontos fortes do país (foto: Carl Montgomery – CC BY 2.0)

E o Brasil? Bom, nós estamos na 54ª posição, junto com a Irlanda. Recebemos 89 nacionalidades sem pedir visto.

(Para ver o ranking completo, clique neste link.)

dica to go travel

Leis sobre vistos podem mudar a qualquer momento, então nunca marque a sua viagem sem verificar as exigências com a sua agência de turismo ou com a embaixada dos destinos que você pretende visitar.

Passagens aéreas para Phonm Pehn, Moroni, Bissau, Antananarivo, Maputo, Victoria, Praia, Malé, Manágua e Catmandu

Hotéis em Phonm Pehn, Maputo, Malé, Manágua e Catmandu

Gabe Britto
Gabe Britto

Gabriel não se intimida com distâncias enormes, nomes de lugares que ninguém nunca ouviu falar, cardápios incompreensíveis. Mais do que viajar, ele adora pesquisar curiosidades exóticas e extraordinárias ao redor do mundo – e, claro, conferir de perto (e sem pressa) suas descobertas.