Home > Viajante Hiperconectad@ > 5 pequenas cidades românticas da Itália
10 de março de 2017

5 pequenas cidades românticas da Itália

A lista das mais inspiradoras cidades românticas da Itália fora do circuito turístico mais tradicional

Ao pensar em Itália romântica, imediatamente vêm à cabeça um passeio de gôndola em Veneza, a casa de Julieta em Verona ou um entardecer na Ponte Vecchio, em Florença. Mas isso você já sabe. A seguir, algumas cidadezinhas ultra românticas fora do circuito tradicional dos casais apaixonados.

Pienza, na Toscana
O que não falta na Toscana é lugarejo perfeito para uma viagem a dois. San Gimignano e suas torres medievais, Moltalcino e suas caves recheadas de tonéis de Brunellos ou a bela Montepulciano. E, especialmente, a minúscula Pienza, a cerca de 60 quilômetros de Siena e com impressionantes vistas para o Val D’Orcia. Suas ruas tão perfeitas para um passeio de mãos dadas que foram batizadas de Via Dell’Amore ou Via Del Bacio. Não por acaso Franco Zeffirelli rodou ali algumas cenas de Romeu e Julieta.

to-go-blogs-viajante-hiper-italia-romantica
Shutterstock/Tania Zbrodko

Burano, no Vêneto
Não deve ser fácil ser vizinha da tão exuberante Veneza, mas talvez isto seja uma bênção para a pequena Burano. A ilhota de pescadores fica a apenas 35 minutos de vaporetto (linha número 12) à partir de Veneza. Não tem gondoleiros cantando O Sole Mio, nem a quantidade massiva de turistas. Ok, também não tem palácios como os de Veneza, mas sim, casinhas absurdamente coloridas à beira de canais e uma vibe super autêntica. Reza a lenda que os pescadores pintavam as casas de cores berrantes para poder vê-las do mar, mesmo em dias de neblina. É um ótimo passeio de um dia para fugir da confusão de Veneza.

to-go-blogs-viajante-hiper-italia-romantica
Shutterstock/Kamelia Ilieva

Ravello, na Costa Amalfitana
É vero que qualquer ponto da Costa Amalfitana, o trecho de 60 quilômetros de litoral entre Salerno e Positano, oferece grandes doses de romantismo. Mas Ravello, vilazinha medieval no alto da encosta, passou mais vezes na fila. Dali, as vistas para a costa são notoriamente inspiradoras. O lugar não é exatamente um segredo e tem se tornado cada dia mais um popular destino para viagens de casamento (leia mais sobre isso aqui). Especialmente a Villa Cimbrone, uma propriedade do século 11, hoje um hotel, cujos espetaculares jardins são parcialmente abertos ao público.

to-go-blogs-viajante-hiper-italia-romantica
Shutterstock/Gaspar Janos

Cefalú, na Sicília
A apenas uma hora de carro à partir de Palermo, este pequeno vilarejo é um charme só. Estrategicamente posicionada numa baiazinha aos pés do maciço de La Rocca, Cafalú tem um pouco de tudo. Tem praias de areia dourada, dentre as melhores da ilha, mas não apenas. O centro histórico medieval, com seu Duomo, sua Catedral Normanda e um monte de tratorias charmosas, é tão pictórico que serviu de cenário para Cinema Paradiso, de Giuseppe Tornatore. Ver o pôr do sol das ruinas do grego Templo de Diana, no alto de La Rocca, turbina qualquer romance.

to-go-blogs-viajante-hiper-italia-romantica
Shutterstock/Anna Lurye

Lago d’Iseo, na Lombardia
Ao pensar em lago romântico na Itália, obviamente que Como é o primeiro que vem à cabeça. Garda, o segundo. Talvez seja justamente a fama dos dois que faz Lago d’Iseo, escondido entre os dois, ser o que é: tranquilo, romântico e fora do circuito turístico. Cercado de montanhas e vilarejos com casinhas em tons pastel, Iseo tem algo que Como não tem: Monte Isola, uma solitária ilha montanhosa bem no meio do lago, perfeita para passar o dia. Ao sul, a cidade portuária de Lovere é uma graça e, ao redor do lago, há outras bem lindas como Sarnico e Sale Marasino. Corra enquanto o turismo de massa ainda não chegou por ali.

to-go-blogs-viajante-hiper-italia-romantica
Shutterstock/Riccardo Nastasi

Confira mais dicas sobre a Itália, Veneza e Florença em nossos Guias de Viagem.

dica to go travel

Ao alugar um carro na Itália, lembre-se: quanto menor, melhor. Cidadezinhas medievais como as da Costa Amalfitana, por exemplo, têm ruas tão estreitas que carros maiores se tornam um problema.

Passagens aéreas para Florença, Veneza, Nápoles, Palermo e Milão

Hotéis em Florença, Veneza, Nápoles, Palermo e Milão

Cindy Wilk
Cindy Wilk

Cindy rodou mais de 40 países, ama praias e desertos, acha a Ásia o continente mais aconchegante do mundo e não pretende parar nunca de viajar para escrever e escrever para viajar. Autora de Endereços Curiosos de Londres (Panda Books) e Volta ao Mundo em 101 Dicas (Ediouro), colaborou para várias publicações de viagem e foi diretora de redação da revista TAM nas Nuvens.