Home > Viajante Hiperconectad@ > O que fazer de graça em Nova York
15 de setembro de 2017

O que fazer de graça em Nova York

A megalópole norte-americana é cheia das atrações gratuitas. Museus, tours guiados e até passeio de barco. Descubra Nova York de graça

nova-york-to-go-blogs-viajante-hiper
Imagem: iStock_kasto80

Nova York é uma cidade cara? Pode ser. Certamente, não mais que Londres ou Paris, mas tal qual estas capitais europeias há muito o que ver sem botar a mão no bolso. A saga atrás dos melhores passeios de graça nas grandes cidades começou por Londres e seguiu para Paris e São Paulo. Agora chegou a vez de Nova York. Vamos lá.

Museus na faixa.
Sim, há uma penca de museus que aboliram a bilheteria. Outros que liberam a entrada durante algumas horas, uma vez por semana e outros, ainda, um dia ao mês. A lista completa você encontra aqui, mas aí vão alguns exemplos:

Os grandes museus em geral estão na categoria “de graça algumas horas por semana”. Então basta que você faça uma boa programação e dá para economizar um bocado.

Às terças, está liberado o 9/11 Memorial & Museum (das 17hs até fechar que é às 20hs, mas com última entrada às 18hs).

Às quartas, entra-se de graça no Bronx Zoo, que agora tem uma nova tiroleza, e no ótimo The Frick Collection (das 14hs às 18hs).

Quinta-feira tem New Museum de graça das 19hs às 21hs) e, finalmente, sexta-feira é dia de MoMa liberado (das 16hs às 20hs).

nova-york-to-go-blogs-viajante-hiper
Sexta-feira o MoMa é free! Imagem: iStock_mikeinlondon

Dica: de 11 de fevereiro a 3 de junho de 2018, o MoMa abre a primeira exibição na América do Norte exclusiva de Tarsila do Amaral com 130 obras da artista. Imperdível.

Tour de graça? Oh yeah!
Melhor ainda: guiados por voluntários, que moram no bairro e mostram a cidade de uma perspectiva de insider. Esta é a proposta do Big Apple Greeter. Basta preencher um formulário no site, ao menos um mês antes da viagem, dizendo as datas da viagem, os bairros que você quer conhecer, seus interesses e até o idioma que você prefere para se comunicar. Não é garantido, mas se acharem um Greeter – ao pé da letra, aquele cara que dá as boas-vindas – você vai ter um passeio bem bacana guiado por alguém local. É gratuito, mas de bom tom que se dê uma gorjeta.

nova-york-to-go-blogs-viajante-hiper
Imagem: iStock_lightphoto

Não rolou um greeter? Então tente um dos vários passeios guiados a pé por Nova York da Free Tours by Foot. O esquema aqui é também pagar quanto quiser.

Passeio guiado pelo Central Park.
Obviamente que não se paga nada para entrar no Central Park. Mas o que nem todo mundo sabe é que há dezenas de tours guiados pelo parque, grande parte deles totalmente gratuitos.

nova-york-to-go-blogs-viajante-hiper
Uma das pontes do Central Park. Wow. Imagem: iStock_espiegle

Conhecer os segredos da Grand Central.
A Penn Station será reformada e a bilionária World Trade Center Transportation Hub projetada pelo espanhol Calatrava (leia sobre elas aqui) veio para imprimir um ar modernoso aos terminais de trem e metrô da cidade.

Mas não tem jeito: a estação que é mais a cara e a alma de Nova York será sempre acentenária Grand Central. Para conhecer seus segredos – incluindo passagens secretas – basta chegar qualquer sexta-feira às 12h30 para o Grand Tour, visita gratuita de uma hora e meia guiada por historiadores. O tour foi votado como melhor da cidade pelo AAA Guide. Nem precisa de reserva.

nova-york-to-go-blogs-viajante-hiper
A incrível Grand Central Station. Imagem: Wikimedia_Creative Commons

Petiscos de graça nos bares.
Já escrevi aqui sobre o “aperitivo” em Milão, aquela tradição de oferecer petiscos de graça para acompanhar bebidas. Pois muitos bares de Nova York estão fazendo o mesmo. No Rudy’s, por exemplo, para cada bebida ganha-se um hot dog. Veja aqui uma lista de bares onde o petisco é na faixa.

nova-york-to-go-blogs-viajante-hiper
Rudy’s. Imagem: divulgação.

De barco para a Staten Island
Por fim, o clássico passeio gratuito novayorkino: pegar o Staten Island Ferry que conecta o Whitehal Ferry Terminal, no sul da ilha, ao lado do Battery Park, ao terminal de Ellis Island. São 25 minutos de barco, paisagens incríveis do skyline de Manhattan e também da Estátua da Liberdade.

É apenas uma bate-volta para Ellis Island e não para na ilha vizinha, a da Estátua da Liberdade. No entanto, você vai vê-la de perto – e sem pagar os US$ 18.50 do barco turístico que para nas duas ilhas.

nova-york-to-go-blogs-viajante-hiper
Imagem: divulgação

Confira mais dicas sobre Nova York em nossos Guias de Viagem.

dica to go travel

Nunca é de graça, mas as peças da Broadway e off Broadway podem sair bem baratinhas. Conheça as dicas para arrematar as maiores barganhas.

Passagens aéreas para Nova York

Hotéis em Nova York

Cindy Wilk
Cindy Wilk

Cindy rodou mais de 40 países, ama praias e desertos, acha a Ásia o continente mais aconchegante do mundo e não pretende parar nunca de viajar para escrever e escrever para viajar. Autora de Endereços Curiosos de Londres (Panda Books) e Volta ao Mundo em 101 Dicas (Ediouro), colaborou para várias publicações de viagem e foi diretora de redação da revista TAM nas Nuvens.