Home > Viajante Hiperconectad@ > Grécia: As melhores ilhas
19 de setembro de 2016

Grécia: As melhores ilhas

Na Grécia, são 1400 ilhas espalhadas pelos mares Egeu e Jônico, o que torna bem difícil decidir para onde ir. Elegemos as melhores para cada tipo de viajante

Para baladeiros: Mykonos
Se você é daqueles que ama Ibiza, seu lugar na Grécia é Mykonos. Com a diferença que ali os clubes exigem menos pose, mas muito fôlego já que nada começa cedo. É também uma das ilhas mais LGBT friendly.

Foto: istock_deimagine
Foto: istock_deimagine

Alternativos: A cidade antiga de Rhodes, além de historicamente muito interessante – era um importante quartel general dos cruzados a caminho de Jerusalém – tem bares muito animados.

Foto: istock_matej-michelizza
Foto: istock_matej-michelizza

Para contemplativos: Santorini
A ilha vulcânica em forma de meia lua é um daqueles lugares que por mais que você viaje não sai dos top 10. O pôr do sol visto do alto de Oia ou, na perspectiva contrária, ver Oia a partir da praia, fica na memória.

Foto: istock_freeartist
Foto: istock_freeartist

Alternativa: Kastellorizo, a ilha mais oriental da Grécia, também tem paisagens incríveis.

Foto: istock_3photofilipposfilippou
Foto: istock_3photofilipposfilippou

Para quem ama praia: Zakynthos
A maioria das praias das ilhas gregas não são famosas por praias de areia branca fininha. A exceção é Zakynthos, uma das ilhas Jônicas, já para os lados da Itália. As praias mais incríveis são acessíveis apenas por mar. Anote: Shipwreck Bay, certamente uma das praias mais lindas do mundo.

Foto: istock_muyeeting
Foto: istock_muyeeting

Alternativa: Milos. Do grupo das Cíclades (que inclui Santorini e Mykonos), tem certamente as melhores praias do pedaço. São 80 (muitas acessíveis apenas por barco) e bem variadas: há as de areia, de pedra, de areia negra vulcânica… Mas o mar azul cobalto é um só.

Foto: istock_randrey
Foto: istock_randrey

Para cinemaníacos: Skopelos
Lembra da ilha grega que Hollywood elegeu para a versão de Mamma Mia para a telona? Pois é ela, Skopelos, uma das ilhas Sporades, já próximas ao continente, no Egeu. É uma das ilhas mais verdes.

Foto: istock_tomasz-czajkowski
Foto: istock_tomasz-czajkowski

Alternativa: Fãs de James Bond podem preferir Nisyros. O incrível vulcão da ilha foi cenário para 007 Contra o Foguete da Morte (1979), o primeiro com Roger Moore no papel.

Foto: istock_pidjoe
Foto: istock_pidjoe

Para velejadores (radicais ou não): Lefkada
Também pertencente ao grupo das Iônicas, é tão próxima ao continente que dá para chegar por terra, através de uma passarela. No sul da ilha, as vilas de Vassiliki e Nydri atraem velejadores, gente do windsurf e SUP, que encontram vento e generosas baías. Já os bons ventos de julho e agosto levam a turma mais radical, a do kitesurf, para lá no verão.

Foto: istock_panagiotis-karapanagiotis
Foto: istock_panagiotis-karapanagiotis
Foto: istock_marholev
Foto: istock_marholev

Para casais apaixonados: Paros
Há 20 anos esta ilha era quase um segredo, apesar de ficar no conjunto das Cíclades e bem próxima a Santorini. Hoje, é uma alternativa ainda calma e cheia de charme às ilhas mais badaladas. Não à toa virou esconderijo de celebridades. Tom Hanks comprou uma casa em Andiparos, a ilha vizinha.

Foto: istock_milangonda
Foto: istock_milangonda

Para religiosos: Patmos
A tradição cristã aponta esta ilha já próxima ao litoral da Turquia como sendo o lugar da Caverna de São João, onde o apóstolo teria escrito o Livro da Revelações. No século 11 um monastério em homenagem ao santo foi erguido ali e é um forte local de peregrinação.

Foto: istock_freeartist
Foto: istock_freeartist

Para fugir do mundo: Koufonisia
Também faz parte das badaladas ilhas Cíclades, mas esta ilha que na verdade são duas – Kato e Ano – escaparam do hype. Ano é quase inabitada e Kato tem aquela vidinha de pescador que já está difícil de encontrar nas ilhas que entraram no circuito.

Foto: istock_aetherial
Foto: istock_aetherial

dica to go travel

O ponto de partida para chegar às ilhas é naturalmente Atenas. Na cidade, não deixe de visitar Museu da Acrópole, recentemente inaugurado aos pés da Acrópole em um prédio ultra moderno.

Passagens aéreas para Atenas

Hotéis em Mykonos e Santorini

Cindy Wilk
Cindy Wilk

Cindy rodou mais de 40 países, ama praias e desertos, acha a Ásia o continente mais aconchegante do mundo e não pretende parar nunca de viajar para escrever e escrever para viajar. Autora de Endereços Curiosos de Londres (Panda Books) e Volta ao Mundo em 101 Dicas (Ediouro), colaborou para várias publicações de viagem e foi diretora de redação da revista TAM nas Nuvens.