Home > Viajante Hiperconectad@ > Nova York: programas legais no Meatpacking District
27 de fevereiro de 2017

Nova York: programas legais no Meatpacking District

O descolado bairro onde fica a High Line é um dos mais completos de Nova York. Tem tantas coisas a fazer que o difícil é sair de lá

Primeiro, os açougues que batizaram o Meatpacking District, no sudoeste de Manhattan, foram dando lugar a restaurantes badalados, nightclubs e lojas de alta moda descolada. Não à toa, o bairro virou a cara da Nova York da série Sex and the City. Anos depois, em 2009, foi inaugurado o parque suspenso que mudou de vez a cara do bairro: a High Line. Antigo elevado por onde passavam trens que se transformou num dos pedaços mais charmosos para curtir a cidade. A seguir, alguns passeios legais pelo bairro.

Andar na High Line
O tal do antigo elevado, uma espécie de Minhocão paulistano mesmo, se transformou naquele tipo de programa obrigatório. Sério, visitar Nova York e não ir a High Line é prejuízo. São cerca de 2.3 quilômetros de passarela que segue a maior parte do tempo sobre a 10th Avenue, da Gansevoort Street à 34th Street, ao norte. O projeto é lindo, repleto de jardins, banquinhos e espelhos d’água. Um dos destaques é o anfiteatro da 17th Street, com vista para a 10th Avenue.

to-go-blogs-viajante-hiper-meatpacking-nyc
Shutterstock/Stuart Monk

Respirar moda e design
Os quarteirões embaixo da Highline concentram as marcas de luxo mais hypadas, como Diane Von Furstenberg, Stella McCartney, Christian Louboutin, Alexander McQueen, Yigal Azrouël. A West 14th Street entre as avenidas Ninth e Tenth é o epicentro das grandes etiquetas, caso você queira ir diretamente ao ponto. A Ninth Avenue também não decepciona os loucos por design. Fica ali a loja-conceito da suíça Vitra, de arquitetura moderníssima e recheada de peças de gente como Frank Gehry, Philippe Starck ou Ray e Charles Eames.

to-go-blogs-viajante-hiper-meatpacking-nyc
Stella MacCartney no Meatpacking District. Imagem: divulgação.

Ver arte contemporânea
Depois de quase 50 anos no Upper East Side, o Whitney Museum of American Art mudou-se recentemente para sua nova casa no Meatpacking, um prédio incrível assinado por Renzo Piano. A coleção é focada em arte contemporânea e do século 20 de artistas americanos. 99 Gansenvoort Street.

to-go-blogs-viajante-hiper-meatpacking-nyc
Shutterstock/Onnes

Almoçar no Chelsea Market
No Meatpacking, prédios super modernos contrastam com as antigos galpões de fábrica como o da National Biscuit Company, cuja carcaça abriga há mais de 15 anos o bacanérrimo Chelsea Market, com suas cerca de 35 lojas. Tem de tudo ali: que vendem de queijos artesanais a lugarzinhos legais para almoçar como o Dickson’s Farmstand Meats, Lobster Place ou Friedman’s Lunch.

to-go-blogs-viajante-hiper-meatpacking-nyc
Shutterstock/DW labs Incorporated

Ver o pôr do sol na baladinha do Le Bain
O roof top do hotel Standard tem uma vista incrível e uma baladinha de fim de tarde memorável. A entrada para o Le Bain é gratuita, mas é preciso consumir algo (a preços superfaturados). O dress code é mais arrumadinho/descolado e tem gente que vai preparado para um mergulho na piscina que fica no meio do bar (toalhas são providenciadas). E a música é sempre ótima. Abre às 14hs ou às 16hs e vai até de madrugada. 848 Washington Street.

to-go-blogs-viajante-hiper-meatpacking-nyc
Imagem: divulgação.

Jantar no Catch
Há muitos restaurantes ótimos no Meatpacking – Pastis, Spice Market, Buddakan, só para citar alguns. Mas desde que o Catch abriu suas portas e seu salão que comporta 260 comensais, em 2011, não tem para ninguém. As especialidades do chef celebridade vietnamita/americano Hung Huynh são os frutos do mar como a lagosta ao estilo cantonês ou o snapper frito e crocante que vem à mesa inteiro e serve até 6 pessoas. Até Brad Pitt costuma ir. Reserve. 21 Ninth Ave, tel. 212-392-5978.

to-go-blogs-viajante-hiper-meatpacking-nyc
Imagem: divulgação.

Confira mais dicas sobre Nova York em nossos Guias de Viagem.

dica to go travel

Está começando a primavera, ótima época para ir a Nova York. Bem mais fresquinho que o verão e ainda com preços quase de inverno. Aproveite.

Passagens aéreas para Nova York

Hotéis em Nova York

Cindy Wilk
Cindy Wilk

Cindy rodou mais de 40 países, ama praias e desertos, acha a Ásia o continente mais aconchegante do mundo e não pretende parar nunca de viajar para escrever e escrever para viajar. Autora de Endereços Curiosos de Londres (Panda Books) e Volta ao Mundo em 101 Dicas (Ediouro), colaborou para várias publicações de viagem e foi diretora de redação da revista TAM nas Nuvens.