Home > Viajante Hiperconectad@ > Os melhores passeios (para você) em Nova York
3 de agosto de 2016

Os melhores passeios (para você) em Nova York

Nova York é chique, clássica, descolada, esportiva… Tudo é tanto por ali que é fácil se perder sem saber onde atacar. A seguir, 3 passeios legais e bem diferentes na cidade para você descobrir que pedacinho da maçã está mais para o seu gosto.

1. Para fashionistas, o Meatpacking

Primeiro foram as meninas do Sex and the City que levantaram a bola do Meatpacking District, no sudoeste de Manhattan. Anos depois, em 2009, foi inaugurado o parque suspenso que mudou de vez a cara do bairro: o High Line. Antigo elevado por onde passavam trens que se transformou num dos pedaços mais charmosos para se andar em Nova York.

High Line, o melhor passeio do Meatpacking District
High Line: o parque suspenso que mudou de vez a cara do Meatpacking District. Foto: iStock_ferrantraite

São cerca de 2.3 quilômetros de passarela que segue a maior parte do tempo sobre a 10th Avenue, da Gansevoort Street à 34th Street, ao norte. O projeto é lindo, repleto de jardins, banquinhos e espelhos d’agua. Um dos destaques é o anfiteatro da 17th Street, com vista para a 10th Avenue.

High Line, em Nova York: o melhor pedaço é o anfiteatro da 17th Street
Um dos destaques da High Line, em Nova York: é o anfiteatro da 17th Street. Foto: iStock_Lya Cattel

Os quarteirões embaixo da Highline concentram marcas de luxo – de Diane Von Furstenberg e Stella McCartney a Christian Louboutin – e um monte de galerias de arte. E o hype só aumenta. Há pouco mais de um ano o Whitney Museu of American Art mudou-se para lá, depois de quase 50 anos no Upper East Side.

Whitney Museu of American Art, em Nova York
Whitney Museu of American Art: do Upper East Side para o Meatpacking District. Foto: iStock_mizoula

Prédios super modernos contrastam com as antigos galpões de fábrica como o da National Biscuit Company, cuja carcaça abriga há 15 anos o bacanérrimo Chelsea Market, com suas cerca de 35 lojas. Tem de tudo ali: que vendem de queijos artesanais a lugarzinhos legais para almoçar. Aliás, restaurantes legais não faltam na área.

Chelsea Market: lugares legais para almoçar em Nova York
Chelsea Market: lugares legais para almoçar em Nova York. Foto: iStock_Stock Shop Photography LLC

Um bom lugar para começar o programa é no Hotel Standard, após um belo brunch em seu restaurante. Aliás, fazer o contrário também é uma boa. O mesmo Standard tem na cobertura um rooftop bar muito legal, o Le Bain, com concorridas baladinhas de fim de tarde.

Hotel Standard: um dos bons lugares para um brunch em Nova York
No Hotel Standard a dica é aproveitar o brunch. Foto: iStock_littleny

2. Para os classicões, Upper East Side e Midtown East

Taí o programão clássico novaiorquino: aquela Nova York dos filmes de Woody Allen, dos cenários de Mad Men e de tantos outros…

Upper East Side: aquela Nova York dos filmes de Woody Allen, dos cenários de Mad Men é aqui
Upper East Side: aquela Nova York dos filmes de Woody Allen, dos cenários de Mad Men é aqui. Foto: iStock_sx70

O passeio pode começar em Midtown, no Rockfeller Center, de onde se sobe a 5a Avenida em direção ao Upper East. É o mais tradicional corredor de compras da cidade – você vai passar por praticamente todas as grandes grifes: pela Tiffany and Co. de Breakfest at Tiffany’s (1961), pela Bergdorf & Goodman, até chegar à pontinha do Central Park, onde está a única Apple Store aberta 24 horas por dia.

A vista clássica do Upper East Side, em Nova York
A vista clássica do Upper East Side, em Nova York. Foto: iStock_alija

Hora de entrar no Central Park. Resista aos caros e micados passeios de carruagem. Ao invés disso, que tal alugar uma bike? A Citi Bikes funciona como as bicicletas do Itaú ou Bradesco nas cidades brasileiras. Há pontos espalhados por Nova York inteira. Na Grand Army Plaza com a Central Park South há uma estação.

Citi Bikes em Nova York
As Citi Bikes têm pontos espalhados por Nova York inteira. Foto: iStock_Ilya Terentyev

Dentro do Central Park, resista à tentação de caçar Pokemóns e siga para o Boathouse. Pode até ser batido, mas que é uma delícia tomar uma mimosa olhando os gondoleiros levando barquinhos pelo lago, é.

Boathouse e barquinhos
Uma das pontes do Central Park. Wow. Foto: iStock_espiegle

Saindo do parque nesta altura, a da rua 72, aí você já está no mais puro Upper East Side, onde mora o próprio Woody Allen, mais precisamente na 70th Street entre a Park e a Lexington. Há um projeto de uma ciclofaixa exatamente neste trecho. Woody Allen é contra.

3. Para os andarilhos, a Brooklyn Bridge

Você certamente já ouviu dizer ou comprovou que as melhores vistas de Manhattan são a partir do Brooklyn. Pois atravessar a ponte a pé pode revelar ângulos ainda mais especiais – e visuais que mudam a cada dezena de metros. E o contraste dos cabos de sustentação, com o céu e o skyline da cidade ao fundo fica bonito demais.

Vista de Manhattan são a partir do Brooklyn
É fato: as melhores vistas de Manhattan são a partir do Brooklyn. Foto: iStock_Mihai Andritoiu

É cansativo, mas nada assustador. São dois quilômetros de extensão e bem plana. Muita gente percorre de bicicleta, mas para ver a paisagem, tirar fotos, nada melhor que ir a pé mesmo.

Brooklyn Bridge, em Nova York
A Brooklyn Bridge tem dois quilômetros Muita gente percorre de bicicleta, mas para tirar fotos, nada melhor que ir a pé mesmo. Foto: iStock_kasto80

Ao finalmente chegar no Brooklyn, siga para o Brooklyn Bridge Park e, sim, você merece um delicioso sorvete da Brooklyn Ice Cream Factory. Ou quem sabe um hambúrguer da Shake Shack, dos melhores da cidade? Há dois anos, eles acabam de abrir uma filial no DUMBO, na esquina da Old Fulton Street com a Water. Quer mais dicas sobre o Brooklyn? Aqui.

Brooklyn Bridge Park e a vista para Manhattan, Nova York
Brooklyn Bridge Park: sim, você merece esta vista e um delicioso sorvete da Brooklyn Ice Cream Factory. Foto: iStock_kaarsten

Quando der a hora de voltar a Manhattan, não se desespere ao ver a ponte testando seus limites. Durante todo o dia, ferries de linha cruzam o East River em direção a dois pontos de Manhattan. A dúvida aí pode ser: Pier 11, próximo a Wall Street, ou então 34th Street, ao norte? Eu iria para o sul e continuaria andando para o Battery Park. Sim, eu sou da turma dos andarilhos.

dica to go travel

Vai viajar com os pequenos? Então conheças as 14 maneiras para se divertir com as crianças em Nova York . Dicas espertas de Bettina Monteiro, do Blog Família em Férias.

Passagens aéreas para Nova York

Hotéis em Nova York

Cindy Wilk
Cindy Wilk

Cindy rodou mais de 40 países, ama praias e desertos, acha a Ásia o continente mais aconchegante do mundo e não pretende parar nunca de viajar para escrever e escrever para viajar. Autora de Endereços Curiosos de Londres (Panda Books) e Volta ao Mundo em 101 Dicas (Ediouro), colaborou para várias publicações de viagem e foi diretora de redação da revista TAM nas Nuvens.