Home > Viajante Hiperconectad@ > Pau de selfie: aqui não
9 de agosto de 2017

Pau de selfie: aqui não

Conheça os lugares no mundo onde carregar um pau de selfie vai além de uma questão pessoal, é proibido mesmo

pau-de-selfie-to-go-blogs-viajante-hiper
Pau de selfie até na Casa Branca?

Pau de selfie é como bife de fígado: tem quem ame ou odeie, não há meio termo. Só que, em alguns cartões postais do mundo, carregar um pau de selfie nem é mais questão de gosto, mas sim, de polícia. Não são poucos lugares e, atenção, viciados em selfies: a proibição é tendência.

Darsena, em Milão
Por enquanto, a lei vale apenas para este verão e em lugar específico de Milão. Darsena, onde os canais Naviglio Pavese e Naviglio Grande se juntam, é a antiga zona portuária, inteiramente renovada para a Expo2015. É certamente a nova cara da cidade, o bairro criativo da vez. A proibição do pau de selfie ali não vem sozinha. Não se pode segurar, carregar, deixar no chão, jogar fora nenhum tipo de garrafas de vidro, latas e… paus de selfie. Para evitar lixo e “comportamento anti-social”.

pau-de-selfie-to-go-blogs-viajante-hiper
iStock_repistu

Mumbai, na Índia
Bollywood está dificultando as selfies. Mas o motivo é outro: a Índia é o país do mundo onde mais se morre de selfie. Um estudo apontou que entre março de 2014 e setembro de 2016, das 127 “mortes por selfie” do mundo, 76 aconteceram no país. A última, uma garota de 17 anos que se afogou despencando do Marine Drive, o promenade da cidade, em busca dos melhores ângulos. Em tese, pau de selfie é proibido por todo lado, mas é neste calçadão para pedestres que a vigilância pega pesado.

Disney World, todos os parques
A lei acaba de completar 1 ano. Pau de selfie, em qualquer dos parques da Disney World no mundo, é tão proibido quanto armas, substâncias ilícitas ou patins. Veja aqui as regras da Disney. O motivo: segurança para visitantes e funcionários.

pau-de-selfie-to-go-blogs-viajante-hiper
Isto mesmo: os parques da Disney não permitem o uso de pau de selfie.
pau-de-selfie-to-go-blogs-viajante-hiper
www.togotravel.com.br

Festivais de música
Bem provável que o próximo festival ao qual você for, paus de selfie não passem pela catraca. Este ano, festivais de vanguarda, como o Coachella, na Califórnia, e o Lollapalooza de Chicago, já proibiram. O primeiro chama o pau de selfie de “acessório narcisista” e o segundo diz que se não entram tripés não tem por que entrar pau de selfie. Mas no fundo a razão é segurança mesmo. O festival de comics Comic-Con, em San Diego, também aderiu.

pau-de-selfie-to-go-blogs-viajante-hiper
Flickr_sputnik mi amor_

Plage La Garoupe, Riviera Francesa
Ninguém nem mencionou pau de selfie. Esta que é uma das mais exclusivas praias da Riviera Francesa, resolveu criar uma lei mais abrangente. Declarou-se uma “Braggie free zone”. Braggie é mais que selfie – pode ser traduzida por “foto ostentação”, aquelas para fazer inveja ao amigo no escritório. E a maioria delas é na praia. Não em La Garoupe.

Locais históricos
O primeiro a acabar com a festa foi o Coliseu, em Roma, que já proíbe os bastões há algum tempo. E o Vaticano oferece armários gratuitos para livrar os fiéis da tentação de um selfie com o Papa. Na China, a Cidade Proibida, segue a onda. Na França, a Sacré-Coeur proíbe fotos em geral, mas no Palácio de Versalhes e no Centro Pompidou, a lei é específica em relação ao nosso amigo. Curiosamente, a Torre Eiffel permite, mesmo sendo o mais usado cenário do mundo para a coisa, segundo o site AttractionTix, que varreu as hashtags no Instagram em busca da palavra selfie. O segundo, veja só, é a Disney World, em Orlando.

pau-de-selfie-to-go-blogs-viajante-hiper
Shutterstock_Javen

Museus
Não se entra com os bastões em praticamente nenhum museu de Nova York, nem nos Smitshonians de Washington, ou em outros inúmeros de outras partes dos Estados Unidos. E também da Inglaterra e da Austrália. Desnecessário comentar a razão. Insano é deixar entrar. Afinal, tem gente que consegue destruir 200 mil dólares em obras de arte, como a moça do “selfie domino” do museu em Los Angeles, tirando selfie mesmo sem o bastão.

Com animais selvagens
Lake Tahoe fica na fronteira da Califórnia com Nevada e tem ótimo esqui no inverno. Mas a preocupação aqui não é levar o bastão para a montanha (até por que as câmeras GoPro reinam absolutas), mas sim fotografar animais, como ursos. Sim, selfies pressupõe que o sujeito auto-fotografado fique de costas, à frente do ator coadjuvante. Não é prudente ficar de costas para um urso. O Estado de Nova York foi além: tirar selfie com felinos selvagens em qualquer zoológico dá multa de 500 a 1000 dólares.

Confira mais dicas sobre Roma, Milão, Paris, Califórnia e Disney em nossos Guias de Viagem.

dica to go travel

Pense bem, pau de selfie é realmente necessário? E selfies? Não dá saudade da forma que viajávamos antes dos smartphones. Pedir para alguém tirar um retrato pode render conversas ótimas, pense nisso.

Passagens aéreas para Orlando, Roma, Milão, São Francisco e Mumbai

Hotéis em Orlando, Roma, Milão, São Francisco e Mumbai

Cindy Wilk
Cindy Wilk

Cindy rodou mais de 40 países, ama praias e desertos, acha a Ásia o continente mais aconchegante do mundo e não pretende parar nunca de viajar para escrever e escrever para viajar. Autora de Endereços Curiosos de Londres (Panda Books) e Volta ao Mundo em 101 Dicas (Ediouro), colaborou para várias publicações de viagem e foi diretora de redação da revista TAM nas Nuvens.