Home > Viajante Hiperconectad@ > Os prédios mais feios do mundo
24 de março de 2017

Os prédios mais feios do mundo

Alguns exemplos de construções mundo afora em que os arquitetos não foram muito felizes

A intenção pode ser boa e toda ousadia é bem-vinda, mas às vezes na busca de algo realmente inovador, arquitetos, vamos assim dizer, erram a mão. Obviamente que gosto é algo muito particular, então resolvi fazer a minha própria lista dos prédios mais horrorosos do mundo. Vamos ver se você concorda.

Torre de Tevê Zizkov, Praga

Praga é uma cidade tão linda que nem este exemplar de arquitetura brutalista imposta pelos soviéticos consegue estragar. Você pode até pode gostar do estilo, mas não dá para negar que a torre de tevê de 216 metros construída entre 1985 e 1992, destoa completamente do visual de conto de fadas da capital checa e justamente por isso sempre foi odiada pela população. No ano 2000, o artista David Cerny instalou ali esculturas de bebês engatinhando antena acima e o que era para ser provisório acabou ficando e deixou a torre mais simpática. O jeito mais eficiente de evitar que a Zizkov estrague sua foto de Praga é apreciar a paisagem lá do alto.

to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/annelle.ko

Barbican Centre, Londres

Recentemente, Londres foi contemplada com vários prédios controversos para os londrinos poderem reclamar um pouquinho, a começar pela sede da prefeitura, projeto de Norman Foster e apelidado de “capacete do Darth Vader”. Mas hors concours ainda é o Barbican Centre, que ao ser inaugurado, em 1982, foi descrito pela Rainha como “uma das maravilhas do mundo moderno”. Ninguém comprou a ideia, mas este imenso centro cultural pode ser odiado pela forma, mas amado pelo conteúdo.

to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/albertoizquierdogomez

Guangzhou Circle, China

Um prédio-disco de 138 metros de altura. É assim a última novidade arquitetônica de Guangzhou, na China. O arquiteto que cometeu o projeto, o italiano Joseph do Pasquale diz ter se inspirado no disco de jade, feng shui e no símbolo do infinito. O resultado está mais para um gigantesco donut.

to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/brunosia

Fang Yuan Building, China

Já para quem prefere prédio em forma de moeda, também tem. Este aqui fica em Shenyang, na província de Liaoning, que faz fronteira com a Coreia do Norte.

to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/reneblnmitte

Pirâmide de Tirana

O edifício em forma de pirâmide de Tirana, capital da Albânia, foi erguido em homenagem ao cruel ditador Enver Hoxha, e inaugurado em 1988, três anos após a sua morte. Com o fim da União Soviética, a monstruosidade já hospedou um espaço de convenções e até um centro humanitário durante a guerra de Kosovo. Hoje, é parcialmente usado por uma rede de tevê, mas sempre continua perigando de ser colocado abaixo. Ativistas, no entanto, lutam para a pirâmide ficar de pé usando o argumento de que a história pode ser feia, mas tem de ser lembrada.

to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/jessicags142

Cholets, Bolívia

Não se trata de um edifício em particular, mas todo um novo estilo arquitetônico na Bolívia. O termo vem da mistura das palavras chalé (mansão) com chola (palavra pejorativa para designar a mulher indígena), mas o que poderia ser extremamente preconceituoso foi assumido por eles mesmos como uma celebração da cultura aymara. Construir um cholet pode custar até 1 milhão de reais e é símbolo máximo de status. A família mora nos andares superiores, no térreo em geral há lojas e, no segundo andar, suntuosos e ultra coloridos salões de festa. Retrato do recente boom da economia boliviana. Gosto à parte, os cholets viraram uma inusitada atração turística.

to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/federicoestol
to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/gonzalopardo_foto

Westin New York, Nova York

E se tem em Nova York uma versão arranha-céu envidraçado de um cholet, é este, que dá lugar ao hotel de luxo Westin, na Times Square.

to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/wstmark

Mas quem liga para a fachada quando a vista do interior é esta aqui:

to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/wstmark

In Tempo, Benidorm, Espanha

Benidorm é uma cidade de 70 mil habitantes em Alicante, na costa mediterrânea espanhola. E o recém construído edifício In Tempo – 47 andares, dourado, em forma de M – não combina em nada com a paisagem. Para piorar, a construtora faliu bem no meio da construção deste que é residencial mais alto da Europa. Finalmente, em 2016, o arranha-céu foi finalizado, mas ainda é um edifício fantasma.

to-go-blogs-viajante-hiper-predios-mais-feios-do-mundo
www.instagram.com/robertrulos

Confira mais dicas sobre Nova York, Londres e Espanha em nossos Guias de Viagem.

dica to go travel

Não é muito fácil achar erros arquitetônicos na linda Viena. Por isso mesmo, um urbanista da cidade criou o tour Vienna Ugly, uma interessante caminhada que mostra o pior da cidade.

Passagens aéreas para Praga, Londres, Pequim, Nova York, La Paz e Alicante

Hotéis em Praga, Londres, Pequim, Nova York, La Paz e Alicante

Cindy Wilk
Cindy Wilk

Cindy rodou mais de 40 países, ama praias e desertos, acha a Ásia o continente mais aconchegante do mundo e não pretende parar nunca de viajar para escrever e escrever para viajar. Autora de Endereços Curiosos de Londres (Panda Books) e Volta ao Mundo em 101 Dicas (Ediouro), colaborou para várias publicações de viagem e foi diretora de redação da revista TAM nas Nuvens.