Home > Viajante Hiperconectad@ > O que esperar do Réveillon no Sudeste Asiático
25 de agosto de 2017

O que esperar do Réveillon no Sudeste Asiático

O que esperar do nosso ano novo em países do Sudeste Asiático, em que o ano começa em outras datas

A época do (nosso) réveillon é simplesmente o melhor momento para fazer uma viagem ao Sudeste Asiático. Primeiro, por que o tempo é ótimo: exatamente no auge da temporada seca em todos os países do continente. Neste post sobre como organizar sua viagem para lá, eu relaciono as épocas de chuva na maioria dos países.

Além de o clima ser ótimo, não se trata de altíssima temporada para eles. Sim, é alta, já que os estrangeiros viajam em massa. Mas, apesar de a data do Ano Novo deles variar de país para país, o grande Réveillon no Sudeste Asiático é o chinês, que acontece no final de janeiro. Aí, sim, é muvuca durante cerca de 3 semanas.

Mas voltando ao nosso Réveillon, o de 31 de dezembro mesmo… O fato é que apesar de teoricamente não ser a virada do ano deles (com exceção das Filipinas, de maioria cristã) o povo resolveu pegar carona na festa do Ocidente. Claro que vai depender do país, do tamanho da cidade, do estilo do lugar. Mas, em linhas bem gerais:

reveillon-sudeste-asiatico-to-go-blogs-viajante-hiper
Pixabay_olga_friend0

Nas grandes metrópoles, espere festa na rua, fogos e grandes celebrações.
As maiores festas de réveillon ao estilo que conhecemos – com grandes queimas de fogos, o povo todo celebrando nas ruas e festas de arromba nos hotéis (ou muitas vezes em embarcações nos lugares cortados por rios) – acontecem nas capitais do Sudeste Asiático. Quer uma festa assim? Então se programe para estar em Bangkok, na Tailândia; Ho Chi Minh City, no Vietnã; Cingapura; Phnom Pehn, no Camboja; Kuala Lumpur, na Malásia; ou Jakarta, na Indonésia.

reveillon-sudeste-asiatico-to-go-blogs-viajante-hiper
Nana mal começar o ano com essa vista… iStock_siraanamwong

Nas ilhas mais festeiras, espere fogos nas praias e baladas sem hora para terminar.
Para quem quer um réveillon quase brasileiro, estilo praias animadas do nordeste, basta rumar para o sul do continente. Na Tailândia, as baladas de réveillon pegam fogo em Phuket, Koh Phi Phi, Koh Samui, Koh Phangan. No Vietnã, vá para Mui Ne ou para as ilhas Phu Quoc. No Camboja, para Koh Rong ou Sihanoukville. Na Malásia, para Langkawi. E na Indonésia, para Bali.

reveillon-sudeste-asiatico-to-go-blogs-viajante-hiper
Em Bali a festa não tem hora pra acabar. iStock_ekash

Nas cidades mais intimistas, espere cerimônias budistas.
Agora, para quem não quer passar um réveillon à brasileira e deseja uma experiência diferente, então a dica é se afastar um pouquinho da praia e rumar para lindas cidades históricas repletas de templos budistas. Nestes lugares, espere jantares especiais organizados pelos hotéis e cerimônias simples e singelas, como soltar lanterninhas flutuantes nos rios. Para viver um réveillon mais tranquilo, vá para Hoi An, no Vietnã; ou para Luang Prabang, no Laos.

reveillon-sudeste-asiatico-to-go-blogs-viajante-hiper
Luang Prabang é o destino perfeito para um Réveillon mais tranquilo. Shutterstock_ Wuttichok Panichiwarapun

dica to go travel

Que tal passar o réveillon em um bangalô sobre as águas pagando pouco? Na Malásia, há. Saiba mais neste post.

Passagens aéreas para Bangkok, Hanói, Kuala Lumpur e Jacarta

Hotéis em Bangkok, Hanói, Kuala Lumpur e Jacarta

Cindy Wilk
Cindy Wilk

Cindy rodou mais de 40 países, ama praias e desertos, acha a Ásia o continente mais aconchegante do mundo e não pretende parar nunca de viajar para escrever e escrever para viajar. Autora de Endereços Curiosos de Londres (Panda Books) e Volta ao Mundo em 101 Dicas (Ediouro), colaborou para várias publicações de viagem e foi diretora de redação da revista TAM nas Nuvens.