Home > Viajante Hiperconectad@ > Viagens para fugir do Carnaval
6 de fevereiro de 2017

Viagens para fugir do Carnaval

Os melhores destinos para quem prefere passar o Carnaval com tranquilidade

Quer fugir para bem longe do Carnaval? Aí vai uma seleção de destinos – no Brasil e no exterior – para você aproveitar o melhor feriado do ano. Sem batucada. Sem muvuca. Sem suor. Nada muito longe – assim você se diverte e volta descansado. O duro vai ser escolher!

1) Descobrir a outra Cidade Maravilhosa
Do lado de lá do Atlântico, a Cidade do Cabo é uma alternativa interessante para quem quer passar o Carnaval em uma cidade de praia das mais cosmopolitas, mas sem o oba-oba. Com ótima gastronomia à base de frutos do mar, um calçadão simpático (Victoria & Albert Waterfront), uma noite animada e ótimos hotéis, Cape Town merece ser mais do que uma parada antes de um safári. Como o Rio de Janeiro, a cidade maravilhosa da África do Sul tem uma geografia privilegiada que merece ser bem explorada. Lá não tem Pão de Açúcar ou Pedra da Gávea, é verdade, mas tem outras montanhas de recortes sensacionais como a Montanha da Mesa (Table Mountain), a Cabeça do Leão, os Doze Apóstolos e a Signal Mountain. E claro: o Cabo da Boa Esperança, onde os Oceanos Atlântico, Pacífico e Antártico convergem.

to-go-blogs-viajante-hiper-fugir-carnaval
shutterstock/Gimas

2) Esquiar no Colorado
O estado do Colorado, no meião dos Estados Unidos, é cortado pelas Montanhas Rochosas e, por causa delas, tem inúmeras estações de esqui. Aspen, Snowmass, Vail, Beaver Creek, Breckenridge e Keystone são as mais conhecidas. A infraestrutura dessas cidades de montanha é extraordinária até para quem não gosta de esquiar. Há bons restaurantes, centros de compra e spas. E neve garantida até o fim de fevereiro. Dica: Vail fica a menos de duas horas de Denver – onde param os principais voos – e suas estradas são super bem sinalizadas.

Ficou na dúvida entre Aspen e Vail? Dou mais pistas aqui.

to-go-blogs-viajante-hiper-fugir-carnaval
shutterstock/Cory Woodruff

3) Badalar em Miami
Miami está a apenas oito horas de voo de São Paulo. Dá para fazer um bate-e-volta sossegado. Nessa época, a temperatura está amena – não dá praia, é verdade, mas os hotéis costumam ter piscinas climatizadas e a cidade estea repleta de atrações culturais bacanas (chamar para o outro post). Depois de um mergulho e do solzinho de inverno, é hora de aproveitar a cidade mais brasileira dos Estados Unidos. Fazer compras na Lincoln Road, dançar na Nikki Beach, passear no Seaquarium ou no Zoo de Miami, almoçar no The Lido Bayside Grill, conhecer o Wynwood Art District (e ver seus famosos grafitti para dar aquela nostalgia de São Paulo do ano passado)… E não se preocupe: o mais próximo de um batuque será a salsa da Calle Ocho. Fácil fugir: basta não ir para lá.

to-go-blogs-viajante-hiper-fugir-carnaval
iStock/Pgiam

4) Tomar vinhos em Mendoza
Sempre é tempo para uma escapadinha até a Argentina. E, para quem prefere vinhos a cerveja, a pedida é Mendoza, cidade aos pés da Cordilheira dos Andes que vive da produção de vinho. Em todas as ruas há adegas, lojas de vinhos e bares. De vinho, claro. Depois de visitar as mais importantes vinícolas da atualidade, como a Catena Zapata ou a Trapiche, você pode ainda pode fazer um trekking no Aconcágua, cavalgar no sopé dos Andes e até fazer rafting.

to-go-blogs-viajante-hiper-fugir-carnaval
iStock/xeni4ka

Gostou do tema vinhos? Veja outras viagens enogastronômicas.

5) Conhecer (finalmente!) Inhotim
Se você também tem protelado aquela ida a Minas Gerais, chegou a hora. O Instituto Inhotim vai estar aberto durante todos os dias do Carnaval. Aproveite para curtir o mais incrível museu de arte contemporânea do Brasil, espraiado em um jardim botânico de mais de 80 hectares. São mais de 500 obras de mais de 100 artistas internacionais como Hélio Oiticica, Adriana Varejão, Cildo Meirelles e outros incríveis escultores, pintores, muralistas…

to-go-blogs-viajante-hiper-fugir-carnaval
shutterstock/silviofranca

Você pode dormir em Belo Horizonte, que está a pouco mais de 60 quilômetros do museu, ou ficar em Brumadinho, cidadezinha mineira em que fica Inhotim. Como o museu é enorme, sugiro pelo menos dois dias de visita.

to-go-blogs-viajante-hiper-fugir-carnaval
shutterstock/Ronaldo Almeida

6) Pegar uma praia em Punta del Este
Quer uma noite animada, praias bonitas, ótimos restaurantes de pescados, gente badalada e ainda ficar longe dos trios elétricos? Pois troque a península de Salvador pela península de Punta del Este. No verão, a festa rola neste balneário uruguaio tão animada quanto na cidade de Ivete. Comece as manhãs nas praias de Montoya ou Manantiales, almoce em alguns dos restaurantes de José Ignacio, passe a tarde em um passeio de barco nas ilhas Gorriti e de Lobos e feche as noites nas danceterias ou nos cassinos – aqui o jogo é liberado, lembra?

Quer saber mais sobre as praias uruguaias? Clique aqui.

to-go-blogs-viajante-hiper-fugir-carnaval
iStock/xeni4ka

Confira mais dicas sobre o Uruguai, Miami e Cidade do Cabo em nossos Guias de Viagem.

dica to go travel

Para uma viagem realmente tranquila (e passagens mais baratas), tente marcar o seu embarque para quinta-feira, 23 de fevereiro, e voltar na outra quinta-feira, 2 de março. Se puder emendar a semana e voltar na segunda-feira, melhor ainda.

Passagens aéreas para a Cidade do Cabo, Aspen, Miami, Belo Horizonte, Punta del Este e Mendoza

Hotéis na Cidade do Cabo, Aspen, Miami, Belo Horizonte, Punta del Este e Mendoza

Cindy Wilk
Cindy Wilk

Cindy rodou mais de 40 países, ama praias e desertos, acha a Ásia o continente mais aconchegante do mundo e não pretende parar nunca de viajar para escrever e escrever para viajar. Autora de Endereços Curiosos de Londres (Panda Books) e Volta ao Mundo em 101 Dicas (Ediouro), colaborou para várias publicações de viagem e foi diretora de redação da revista TAM nas Nuvens.